Monday, January 17, 2011

Ghost in the Shell: S.A.C 2nd GIG - Episódio 26

INdividual são os episódios do caso dos Individual Eleven, DIvidual são os Stand Alone, independentes, e os DUal são os que fazem parte da história do Cabinet Intelligence Service e de um novo personagem, Kazundo Gouda.

Bom, esse é o último episódio de 2nd GIG.


Como não poderia ser diferente, é um INdividual.

E começa exatamente como o último da primeira temporada, ou seja, sem abertura, direto ao assunto.

Assistir todos os episódios praticamente um atrás do outro não foi nada fácil.
Diferente da primeira temporada, essa segunda eu havia assistido até o décimo-primeiro episódio mais ou menos na primeira vez que eu tentei assistí-la, lá por volta do ano 2006. A primeira temporada eu já havia assistido pelo menos uma vez, e apesar de ter passado tanto tempo, eu tinha uma idéia do que ia acontecer, tornando o assistir muito mais fácil.
Anos depois, resolvi assistir a primeira novamente e tentar terminar a segunda.
Bom, dessa vez consegui terminar e as minhas primeiras impressões imediatamente depois de terminá-la é que provavelmente daqui a um ano vou me sentir na obrigação de vê-la novamente. Com a mente mais fresca.
2nd GIG não é fácil de acompanhar. São tantas sub-tramas em torno dos dois casos, ou melhor dizendo, eventos, que é fácil ficar perdido e frequentemente recorrer à wikipedia ou imdb ou à alguém que já assistiu a série.
Dito isso, ENDLESS∞GIG é um desfecho digno do nome Ghost in the Shell e consegue redimir essa segunda temporada como um todo. Nem todos os episódios são excelentes ou dentro da média, muitos ficando aquém do esperado, e com uma história tão complexa como essa, acredito que seja difícil manter as rédeas o tempo todo, como aconteceu na primeira temporada.
O foco por praticamente todos os episódios é nas tramas políticas, com reviravoltas, perguntas sem respostas e motivações obscuras demais por tempo demais para prender os mais desavisados.
Apesar do pesares, vale a pena assistir 2nd GIG. O nível da animação é superior ao da primeira, com o time de produção conseguindo manter esse nível por praticamente todos os 26 episódios. Com certeza os produtores tiveram um orçamento maior para a execução de 2nd GIG, e isso é visível ao longo da temporada. Alguns episódios Stand Alone, ou os DIvidual, se destacam, como Poker Face, esse talvez um dos melhores capítulos de ambas temporadas, e outros merecem o troféu "que diabos eles estavam pensando!?".
Para resumir, assista 2nd GIG apenas se vocẽ já assistiu a primeira e é fã hardcore de Ghost in the Shell. Do contrário, procure outra série.
Aqui vão algumas screenshots que tirei desse último episódio e antes que eu me esqueça, mais uma vez os Tachikomas salvam o dia!

























Para terminar, a série termina mas em 2006 foi lançado Solid State Society, que se passa dois anos depois de 2nd GIG e como foi anunciado, terá um relançamento em 3-D agora em Março. Como terminei 2nd GIG, pretendo assistir SSS logo menos e depois disso dar uma descansada com GitS.

2 comments: